O passado que eu amei .. 


Eu tive todos os motivos para lhe odiar.. percebi que você se quer foi honesto. Você deixou escapar por livre vontade entre os dedos tudo que construímos juntos, onde , anos viraram simplesmente datas sem significados. Me deixou, sem dar algumas respostas que eu precisava para seguir minha vida sem ser imparcial, mas mesmo assim eu sinto um carinho pela pessoa que passou comigo todos esses anos que eu citei. Sinto falta das novas coisas que nos pretendíamos cumprir com mais passar de datas planejadas, sinto carinho, gigantesco pelas escolhas que a gente fez pensando um ao outro. Sinto muito por tudo isso virar passado assim tão rápido pra você. 

Eu ainda sei que isso tudo vai passar, vão virar memórias um tanto insignificativas que tive no passado retórico, mas Ainda sim, nesse presente, no hoje, eu sinto carinho pela pessoas que você era e me deixou conhecer. E mesmo sabendo que no fundo era um teatro, e que você deixou de fazer parte dele, eu sinto a necessidade de colocar a prioridade que você se tornou no agora para mim, afinal pessoas entram nas nossas vidas para suprir uma finalidade , logo, sabendo o final delas, o tempo e encarregado de colocar explicações sobre as quais elas veio. Então você é necessariamente obrigado a colocá-las aonde elas devem estar. Passado, presente ou em algum futuro próximo. 

Você foi a estação que amei desfrutar e conhecer, mas não quero que você volte. Sinto muito, mas ficará apenas no Passado..
Tolentino, Clarice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s