Sobre intensidade […]

inte

Desejei o inesperado, e fugi da normalidade que a maioria das pessoas oferece. Percebi hoje que o pouco não me satisfaz, e que se for pra ser só metade (as vezes até menos) prefiro que não seja nada; 8 ou 80 é pouco comparado a intensidade que o meu coração quer exigir.

Entrei, de hoje em diante, em um relacionamento sério com ela. Ser intenso é contemplar o casamento perfeito entre o vento e a luz que batem na janela e sentir o coração queimar, sendo grande até nas coisas pequenas. É olhar além, é sentir além, transmitir além do que os olhos veem. Depositar afeto num recado escrito a mão em um pequeno guardanapo, e perceber que ele foi lido com todo o amor que você confiou àquela pequena folha.

Notar o vento e desejar o inverno; ou se apoderar da brisa enquanto anseia pelo calor.

Sentir cada gota de água quando chove, não a culpando pela sua necessidade de cair.

Você entende o que digo?

Fui muitas vezes mais do que mereciam, entreguei parcelas altas de amor a quem devolvia com insatisfação, até mesmo indiferença. O sentimento que sempre esteve no meu peito jamais suportaria continuar sendo maltratado por alguém que é menos. Menos da metade; menos do que ele merecia.

Viajando entre alguns textos, encontrei trechos que até então me encontrei apaixonada, ao mergulhar em cada linha e perceber que tudo o que se passa aqui é árduo, precisei trazê-lo até você,  leia com atenção:

‘’É aquela coisinha que faz um minuto parecer uma vida, é aquela voz ao pé do ouvido que sussurra mandando a gente gritar, é uma forma gigante e diferente de viver a vida. É o que nos faz tirar o máximo das situações que vivemos. É a intensidade que rasga o peito alheio, mas antes rasga o próprio peito. É sentir dor e não mostrar. É sentir amor e transbordar. É ter no peito um mar tão profundo que engole quem não souber nadar, mas acolhe quem não tiver medo de mergulhar. É ferir por amar demais, e proteger quem se quer mais. É ser veneno e cura ao mesmo tempo.’’

Se você leu estas linhas com o coração, você agora está transbordando de um sentimento que não sabe explicar, e para ser sincera, essa é a melhor parte. Você leu além das palavras, sentiu além, e a vida só pode ser realmente e sinceramente aproveitada quando enxergamos isso.

Não seja normal, seja sempre mais.

Apenas preciso te alertar, um milhão vezes 0 é 0. Ou seja : não deposite sua intensidade onde não existe nada. 

 

Renata K.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s